Quinta-feira, 22 de Julho de 2004

A preto e branco, com folhinhos...

Aquela fotografia a preto e branco, sempre me intrigou.

Estavam lá todos, a Isabel, a Paula, a Teresa e o Rui, o que eu não conseguia  identificar era quinta personagem que se encontrava numa das  pontas desse idílico quadro. A Isabel com um vestido aos folhos, muito em moda nesse tempo, a Paula e a Teresa com vestidos às florzinhas e o Rui de camisa e calções. A outra figura com um vestido largo, um ar misterioso e embaraçado, contrastando nitidamente com o ar de gozo dos outros. Atrás da fotografia uma data, e uma localidade: Torreira. Todos sentados no alpendre da casa do meu avó.

Tentei nas minhas memórias encontrar uma resposta para a incógnita que me atravessava o espírito. Quem era a quinta figura. Depois de muitas voltas, não encontrava qualquer solução. Até que enchendo-me de coragem perguntei á minha mãe:

“- Armanda, nesta fotografia tirada na Torreira, quem é esta menina loira que se encontra nesta ponta?”

A minha mãe antes de me dar uma resposta começou por me perguntar:

“- Lembras-te da casa do teu avó?”

“- Claro que me lembro.”

“- Lembras-te que a casa da Torreira tinha uma piscina, onde vocês em alguns dos dias que não queriam ir à praia tomavam banho?”

“- Lembro, mãe, lembro. Mas o que tem a ver a piscina com a fotografia?”

“- Bem filho a “menina loira” da fotografia és tu, sabes, como sempre com a tua mania da água, num desses dias em que chegamos à casa, decidiste mandar-te de cabeça para a piscina. Nós ainda não tínhamos descarregado as malas todas e a única roupa disponível era a da Paula, e para não passares frio, a Marília vestiu-te com aquele vestido.”

E depois num ar de gozo, rematou:

“- Diz lá que o teu pai não dava um excelente fotógrafo.”

Eu, encavacado jurei que ia enterrar “aquilo”, bem fundo num álbum qualquer e todas as vezes que alguém a encontrar, vou dizer que aquela menina era uma amiga, não vou ter coragem de explicar que aquele personagem de folhinhos e tafetá é a minha excelsa pessoa.

publicado por McClaymore às 10:55
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 23 de Julho de 2004 às 09:13
he he... realmente deve ser um tanto ou quanto embaraçoso :)! ainda bem que a inspiração voltou...! :) sorriso grandetartaruga
(http://aexplanada.blogs.sapo.pt)
(mailto:teresafilipa@sapo.pt)

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Março 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Nova Casa…

. Nos bastidores da Guerra ...

. "Nada de novo na frente o...

. "Ladrão que rouba a ladrã...

. Crónicas de um Rei sem tr...

. Mãe, há só uma...

. Crónicas de um Rei sem tr...

. Crónicas de um Rei sem tr...

. Crónicas de um Rei sem tr...

. Crónicas de um Rei sem tr...

.arquivos

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds